• Mariana Veloso

Uma Viagem da Consciência® não acaba quando retornamos.


Uma Viagem da Consciência® não acaba quando retornamos. Os efeitos se estendem por muito tempo, meses, às vezes anos. Mesmo uma viagem de um dia.

Para ouvir os participantes sobre a experiência na Trilha das 3 Praias do Guarujá e para concluir este processo, nos reunimos alguns dias após a viagem. Nem todos puderam ir, mas algo em comum unia os que lá estavam: um dia durou mais do que uma dia. Um dia na trilha das ruínas e depois na trilha enlameada e desafiadora da Praia Preta foi o suficiente pra despertar uma série de percepções, insights e aprendizados que ainda estão sendo processados.

Encontro pós viagem da Trilha das 3 Praias - Guarujá

A TRILHA IMITA A VIDA

“Não dá pra ficar estagnado na trilha e na vida também não. A vida anda.”, afirma Cecília Diniz sobre o que aprendeu em sua primeira Viagem da Consciência®.

“Ficamos fortalecidos a cada caminhada. Temos que enfrentar. Ficar sentado não vai resolver.”, completa Sandra Shinozaki, que acrescenta: “Eu percebi que tenho que acreditar mais em mim e perder o medo do desconhecido”.

E assim, os viajantes foram traçando um paralelo entre o percurso da trilha e o percurso da vida.

“Tive consciência de que, assim como a trilha, a vida tem percalços. E tudo bem.”, refletiu Ricardo Matsuda.

“Os obstáculos fazem parte da vida.”, conclui Priscila Kubo.

E Maria Antonieta Navatta sintetiza uma lição comum a todos, aprendida em função da surpresa ao encontrar um terreno muito mais difícil do que esperávamos: “Você acha que tem controle e não tem”.