• Sónia Villar Mendes

Este Sou Eu! Este É meu Propósito!


Será que o propósito da minha vida é minha profissão? Ou ser mãe/ pai? Terei de ajudar outras pessoas? Salvar vidas? Produzir riqueza?

Todos nós, em algum momento de nossa existência, já mergulhamos em questionamentos como estes! O sentido de Ser é uma grande incôgnita para a maioria de nós e, como tal, fonte de sentimentos de dúvida, medo, angústia e até culpa, potenciadores de estados de estresse, ansiedade e tristeza! O grande questionamento do Ser Humano é o sentido de sua existência!

De onde vim e para onde vou? E... POR QUÊ? PARA QUÊ?

Tais respostas são, ainda, desconhecidas... Com certeza... Mas a busca de um entendimento e conhecimento de Si faz parte deste caminho de descoberta!

Seguindo a visão de Carl G. Jung, ao longo da vida enfrentamos o processo de individuação que é o processo de tornar-se um ser único, alcançar uma singularidade profunda, tornando-se o próprio Si-mesmo (1984). Neste sentido, Jung coloca a individuação dentro de uma perspectiva de busca do significado da vida - o encontro com o mistério, o insondável, a morte e a espiritualidade.

Esta jornada é “alimentada” por registros de memória de vida, por referências genéticas, educacionais, sociais, culturais e religiosas. Integrar todos esses elementos, por vezes desconhecidos (guardados ao nível inconsciente), é uma tarefa que requer coragem para enfrentar o novo (por vezes não muito bonito), paciência para respeitar o tempo de cada um, resiliência para superar as dificuldade e maturidade para aceitar e enfrentar o que nosso mundo interior nos revela.

Ao conhecer e aceitar quem somos, podemos re-significar o que acontece à nossa volta, pois tudo é um reflexo de nós mesmos. O que vem até nós não é uma realidade, mas sim uma interpretação nossa que se constrói com base nas referências que trazemos, pois são elas que ajudam a criar significado para tudo o que nos rodeia.

Para alguns de nós, não poder comprar algo é vivido de forma catastrófica e para outros é algo apenas “incômodo”. Para uns, a recusa de um convite por parte de um amigo é uma rejeição e para outros é algo natural, pois nem sempre as nossas disponibilidades são compatíveis!

Descobrir quais os registros que nos levam a sentir as coisas como as sentimos é algo extremamente benéfico, pois desta forma fica mais fácil lidar com os desafios que a vida nos traz. Tudo é um processo e a dinâmica da vida, com todas as suas mudanças, é a única certeza que podemos ter!

Definir a nós mesmos como Seres em construção e em maturação traz um sentido de existência menos dura e, portanto, mais acolhedora!

Este é um magnífico propósito: conhecer, entender e manifestar a Si mesmo permitindo que o melhor se revele em toda a perfeita imperfeição, inerente a um Ser que vive inúmeras metamorfoses ao longo de sua vida!

Sónia Villar Mendes é Psicóloga, Terapeuta Quântica e Facilitadora Relacional no âmbito psicossocial.

#propósito #autoconhecimento #processo #Eu

Rua dos Jacintos, 233

Mirandópolis - São Paulo/SP

04049-050

  • Instagram
  • Facebook
  • You Tube
  • LinkedIn

© 2019 Todos os direitos reservados. Centro de Desenvolvimento Dora M Bentes