• Bianca Lauria

Afinal, o que são crenças limitantes?


E como Barras de Access® pode te ajudar a dissolvê-las

Temos um potencial infinito. No entanto, teimamos em criar nomes, estruturas e formas para tudo - incluindo as características que formam quem somos, o que podemos fazer e até onde podemos chegar. Esse conjunto de conceitos limitam o nosso potencial originalmente infinito e fazem parte das nossas crenças.

Um exemplo ilustrativo é a afirmação: “só posso ter paz e sentir calma quando finalizar meus afazeres”. Os momentos de paz são limitados àqueles em que não há afazeres por serem realizados. Mas, o que lhe impede de sentir paz enquanto realiza uma atividade? Será que esta é mesmo uma lei universal, ou algo em que acreditamos e que, por sua força, torna-se a realidade? O mesmo pode ser questionado para afirmações como “não consigo me comprometer”; “não sou boa/bom em me comunicar”; “tenho uma memória péssima”, entre diversas outras frases que indicam crenças que limitam nosso potencial.

De que forma essas crenças se desenvolvem?

A maioria da formação de nossos valores e crenças se dá na infância, quando estamos aprendendo a imitar sons, gestos e atitudes perante o mundo. Um estudo de 2011, realizado por um grupo de cientistas incluindo Andrei Cimpian[1], comparou a identificação que um grupo de meninos e meninas com até cinco anos e outro entre seis e oito anos apresentava com afirmações relacionadas à sua inteligência e percebeu que até os cinco anos todas as crianças se consideravam potencialmente inteligentes, mas depois deste período as meninas deixaram de se identificar com essa afirmação, passando a associar esta qualidade a personagens masculinos. Isso acontece, segundo os envolvidos na pesquisa, pois a partir desta idade, os estereótipos e crenças relacionados a diferenças de gênero existentes na sociedade já foram absorvidos pelas crianças.

O que nos leva a refletir: no período de formação da nossa identidade, quais foram os padrões que observamos ao nosso redor? Que afirmações e negações ouvimos com frequência? Possivelmente, no exemplo anterior, a pessoa que crê só poder ter paz após os afazeres foi induzida a acreditar que calma e paz são associadas apenas a momentos de lazer enquanto outras qualidades foram relacionadas ao dever. Talvez a mãe da pessoa que crê ter uma péssima memória considerava isso de si mesma e foi uma referência marcante a ponto de ser imitada. Ou então o pai da pessoa que crê não se comunicar bem disse isso a ela em diversas ocasiões, criando e fortalecendo a crença.

Como identifico minhas crenças? Como as Barras de Access® podem ajudar?

A maioria de nossas crenças está formada há muitos anos. Elas já se confundem com nossa personalidade e são naturalizadas por nós mesmos em nossas vidas. Contudo, isso não impede que sejam alteradas. A consciência sobre a formação de nossas crenças e padrões e a atitude da observação questionadora é um passo importante para vencermos barreiras em nossas vidas.

A terapia das Barras de Access® é uma ferramenta quântica de acesso a essas crenças sem a necessidade de identificação prévia. Enquanto se permanece em um estado de relaxamento, a energia corrente do toque de 32 pontos na cabeça acessa e auxilia a dissolver essas crenças, abrindo espaço para outras mais construtivas. As Barras têm um poder energético transformador, permitindo no cérebro vibrações muito semelhantes ao de uma meditação profunda[2]. Ela vem mudando a vida de muitas pessoas que tendem a ter dificuldade em identificar e desapegar dessas crenças ou que passaram por traumas profundos que deixaram marcas na sua forma de se relacionar consigo e com o mundo. Uma série de sessões já consegue liberar mais espaço para as inúmeras possibilidades que nos permeiam e para a alegria e leveza de poder escolher entre elas.

E você? Também quer experimentar uma vida onde mais vida é possível?

[1] “Andrei Cimpian - The Brilliance Barrier: Stereotypes about Brilliance are an Obstacle”; apresentação na Johns Hopkins University.

[2] “Review of Access Bars® by Neuroscientist Dr. Jeffrey L. Fannin”

Bianca Lauria é formada em Relações Internacionais. Atualmente, estuda e atua como Terapeuta Holística, com as técnicas de Barras de Access®, Reflexologia, Tarô, com o propósito de auxiliar as pessoas que buscam por aprimoramento pessoal e cura.

#barrasdeaccess #padrõesecrenças #reconhecimentoeliberação

Rua dos Jacintos, 233

Mirandópolis - São Paulo/SP

04049-050

  • Instagram
  • Facebook
  • You Tube
  • LinkedIn

© 2019 Todos os direitos reservados. Centro de Desenvolvimento Dora M Bentes