Vivência

MANDALE-SE

4 encontros

Quartas-feiras - 16h30 às 18h30

com Leonora Portela

Terapeuta

Próximo encontro

04 de março de 2020

Quarta-feira, das 16h30 às 18h30

Valor

Por 4 encontros

R$400,00

* Consulte as condições de pagamento e inscrição na descrição

MANDALE-SE

Uma base para o equilíbrio entre autonomia autêntica e sociabilidade saudável

Trata-se de um encontro terapêutico semanal, em grupo, com atividades teóricas e práticas.

As atividades teóricas acontecerão em rodas de conversa para que o conhecimento disponibilizado possa reverberar e gerar esclarecimentos compartilhados de forma circular. As atividades práticas serão distribuídas em (1) encontros de percepção corporal com mediação guiada para acionar a capacidade de autorregulação de cada jovem, bem como (2) encontros artístico-criativos onde elaboraremos os gráficos para preenchimento da mandala lunar, coloração da mandala lunar, estratégias de harmonização pessoal com entendimento dos óleos essenciais, sons, incensos, entre outras estratégias. Os encontros foram carinhosamente inspirados nos conhecimentos do Sagrado Feminino e nos conceitos da Experiência Somática. A ideia é que a jovem se sinta, a cada encontro, instigada a observar e validar sua natureza cíclica, bem como a aprender a lidar com emoções mais complexas. A adolescência é uma fase da vida pautada na rapidez e na intensidade das transformações, com experiências que se expressam com extroversão ou com introspecção, em maior ou menor proporção. Assim, esse conjunto de experiências terapêuticas proporcionará uma base para o equilíbrio entre autonomia autêntica e sociabilidade saudável.

 

Público-alvo: ADOLESCENTES (garotas) entre 12 e 17 anos.

Sobre as teorias que amparam a Vivência MANDALE-SE

Sagrado Feminino

O Sagrado Feminino é uma filosofia que auxilia na ampliação de consciência sobre os ciclos femininos, como, por exemplo, a menstruação, a capacidade de criação e acolhimento de uma mulher. A jovem é instigada a observar seu funcionamento cíclico. Usamos, como suporte, a Mandala Lunar que é uma representação gráfica para registro das dinâmicas cíclicas físicas e comportamentais. Com o auxílio desse gráfico explicamos como cada participante pode observar, em detalhes, aspectos pessoais associados, ou não, a cada arquétipo do Sagrado Feminino.

Experiência Somática

A Experiência Somática, também conhecida como “terapia do trauma”, atua sobre o comportamento do sistema nervoso autônomo, por meio da conscientização das sensações corporais relacionadas à situação de estresse, trauma, ou outra situação que requer a restauração do equilíbrio interno, melhorando a resiliência a situações futuras estressantes e aumentando a vitalidade e a capacidade de se engajar nas atividades da vida.

CONTEÚDO

Técnicas de autorregulação do sistema nervoso autônomo, estudo dos arquétipos do Sagrado Feminino – Donzela, Mãe, Feiticeira, Anciã, conceitos sobre o Plantar a Lua, Sonhos, Lua Branca, Lua Vermelha, elaboração do gráfico de preenchimento da mandala lunar, acompanhamento do preenchimento da mandala lunar, fundamentos da física como o puxão gravitacional, etc.

Todas datas de encontro: 04/0311/0318/03, 01/0408/0415/0422/0429/04, 06/0513/0520/0527/0517/0624/0601/0708/0715/0722/0729/07, 05/0812/0819/0826/08, 02/0909/0916/0930/09, 07/1014/1021/10, 28/1004/1111/1118/1125/1102/12, 09/12/2020

Observação: A participação nessa atividade não pressupõe pré-requisito e a adesão é de fluxo contínuo, ou seja, o grupo poderá se alterar a cada encontro com até 12 jovens.

INVESTIMENTO
À vista de R$400,00 por 4 encontros

Inscrição antecipada por depósito bancário de R$200,00
Pagamento em dinheiro, cheque ou depósito bancário
Sua inscrição é efetivada mediante ao pagamento e envio do comprovante

Próximo encontro

04 de março de 2020

Quarta-feira, das 16h30 às 18h30

Valor

Por 4 encontros

R$400,00

* Consulte as condições de pagamento e inscrição na descrição

Local

Centro de Desenvolvimento

Dora M Bentes

Rua dos Jacintos, 233

Mirandópolis - São Paulo/SP

SOBRE LEONORA PORTELA

Terapeuta que acredita que o que experimentamos em nossas relações é um disparador potente de autoconhecimento. Há um tempo se conectou com a afirmação “A fauna silvestre e a Mulher Selvagem são espécies em extinção” de Clarissa Pinkola Estés e a partir dessa conexão, juntamente com sua prática clínica, elabora atividades que possibilitem a restauração de um mundo psíquico feminino onde a percepção de si possa ser aguçada, a espontaneidade restaurada e tudo mais que deseje uma mulher.

Rua dos Jacintos, 233

Mirandópolis - São Paulo/SP

04049-050

  • Instagram
  • Facebook
  • You Tube
  • LinkedIn

© 2019 Todos os direitos reservados. Centro de Desenvolvimento Dora M Bentes